Blefaroplastia

A cirurgia plástica das pálpebras corrige os excessos de pele, gordura e flacidez muscular do território palpebral, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional além de estético. O tratamento cirúrgico reposiciona os tecidos, promovendo uma aparência mais descansada e jovem.

Dúvidas Frequentes

Pela extensão da cirurgia e boa qualidade dos anestésicos, a maioria dos casos é operada sob anestesia local (em alguns casos, poderemos dar uma sedação prévia). Raramente são feitas sob anestesia geral. Reservamos esta última conduta para os casos em que clinicamente está contra-indicada a anestesia local (raros) ou mesmo, quando a blefaroplastia esteja sendo feita simultaneamente a outras cirurgias.

Normalmente, em torno de 1 a 2 horas

Não existe uma idade ideal, mas sim, a oportunidade ideal. Essa oportunidade é determinada pela presença do defeito a ser corrigido ( excesso e flacidez de pele ) e poderá ocorrer em qualquer idade.

Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele. Para tanto, deve ser aguardado o período de maturação da cicatriz (3 meses). Pela sua localização são passíveis de serem disfarçadas com uma maquiagem leve, desde os primeiros dias.

O edema (inchaço) dos olhos varia de paciente para paciente. Existem aqueles (as) que já no 4º ou 5º dia apresentam-se com um aspecto bastante natural. Já outros irão atingir este resultado com mais tempo (10 - 15 dias).

É uma cirurgia com rápida recuperação. Dependendo da atividade, mais leve, com uma semana já é possível retomar os hábitos diários.

Ainda com dúvidas? Entre em contato