Protese de Mama

A mamoplastia de aumento, ou implante de silicone nas mamas, é uma das cirurgias estéticas mais realizadas no Brasil e no mundo. É um procedimento que apresenta altos índices de satisfação pelas pacientes.

A cirurgia de prótese mamária proporciona aumento do volume das mamas, projetando o polo superior ( colo), além de deixá-las mais firmes. Está indicada nas pacientes que possuem pouco tecido mamário, pacientes com assimetria das mamas (tamanhos diferentes) e também nas pacientes que perderam volume e apresentaram flacidez da pele após emagrecimentos ou gestações .

A cirurgia plástica de implante mamário é uma cirurgia relativamente simples, que exige pouco tempo de convalescença pós-operatória e de resultados estéticos muito bons. É uma cirurgia que tem duração média de uma a duas horas, que é realizada sob anestesia local, peridural ou geral (à critério do anestesista). A liberação para casa ,quando o pósoperatório está absolutamente sem intercorrências, pode ser no mesmo dia. As cicatrizes são bastante pequenas, podendo ser na borda inferior da aréola (peri-areolar), na linha inferior da mama (sulco) ou na borda da axila.

Com relação ao local do implante ele pode ser feito logo abaixo da glândula ou abaixo do músculo peitoral. O cirurgião plástico definirá após a consulta e exame inicial. Em qualquer dos casos, a protese não interfere na lactação. A redução da sensibilidade pode ocorrer em alguns casos, mas é temporaria, retornando em pouco tempo. Tanto a protese acima ou abaixo do músculo é possivel realizar exames de imagem para acompanhar e rastrear nódulos e tumores da mama.

Dúvidas Frequentes

Anestesia geral , peridural ou local com sedação.

Em média de 1 a 2 horas.

Geralmente as próteses mamárias são colocadas através de pequenos cortes que podem ser no sulco inferior da mama (o mais utilizado), na borda inferior da aréola ou pela axila.

É uma cirurgia com rápida recuperação. Após 3 semanas a paciente poderá retornar gradualmente as atividades leves e caminhadas. Exercícios que exigem maior esforço com os braços devem ser evitados no primeiro mês.

A cirurgia de implante de silicone nas mamas está indicada após o completo desenvolvimento da mulher. Geralmente após 16-18 anos de idade. Após as gestações é preciso aguardar o término da amamentação.

Na consulta com o cirurgião serão avaliados vários aspectos como altura, peso, medidas do tórax e outros. Através disso o cirurgião poderá sugerir um tamanho adequado. No entanto a paciente deve manifestar seu desejo sobre o tamanho e optar por aquele que mais se aproxima de suas expectativas.

Nesses casos, devido a flacidez, ocorre também a queda das mamas. Sendo assim, além do implante de silicone para devolver o volume as mamas, é necessário a suspensão e retirada do excesso de pele (mastopexia).

Não. Se o procedimento for apenas o implante de silicone tanto acima ou abaixo do músculo, este não interfere na amamentação, pois fica abaixo da glândula mamaria..

Ainda com dúvidas? Entre em contato